Notícia

O Núcleo Regional Nordeste entrega ao Dr. Ignácio Héman Salcedo o Prêmio Nordeste de Ciência do Solo

Imagem Destacada

      Foi com muita emoção entre o público participante da III Reunião Nordestina de Ciência do Solo que ocorreu no dia 12/09/2016 no Auditório da Universidade Tiradentes em Aracaju, Sergipe, a entrega do Prêmio Nordeste de Ciência do Solo ao Dr. Ignácio Héman Salcedo. Na cerimônia de entrega do prêmio a Dra. Vânia Fraga professora da Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias em Areia, PB foi convidada para fazer uma breve apresentação e relato da trajetória acadêmica do homenageado ao público presente.

     Neste momento, destacou a formação acadêmica do homenageado em Agronomia pela Universidade de Buenos Aires (1970), mestrado em Ciência do Solo pela Michigan State University (1973) e doutorado em Ciência do Solo pela Michigan State University (1976). Destacou-se também as atividades de professor até o nível de titular no Departamento de Energia Nuclear da Universidade Federal de Pernambuco, professor visitante Sênior no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, diretor do Instituto Nacional do Semiárido (INSA) e; de sua enorme contribuição na orientação de estudantes de graduação e de pós-graduação, o qual, contribuiu para publicação de mais de 75 trabalhos de pesquisas com foco, principalmente, na região semiárida do Nordeste do Brasil.

     Momento impar durante a entrega do prêmio foi quando a professora Vânia Fraga solicitou entre o público presente que, somente os ex-orientados do professor Salcedo falassem uma palavra que o definisse como pessoa ou profissional. Entre as palavras citadas destacaram-se: sabedoria, rigor acadêmico, trabalho, amigo e ética dentre outras, palavras que emocionaram tanto parte do público presente, quanto o homenageado.

     Já o professor Salcedo, além de agradecer a todos que indicaram seu nome, a família e seus diversos ex-alunos, teve a honra de dividir a premiação com os diversos outros colegas que atuaram e, ou atual nas atividades de ensino e pesquisa na região Nordeste, muitos dos quais, também merecedores da homenagem.

Comentários

Ad